Nesta segunda-feira (16) o deputado Estadual Nelter Queiroz (PMDB) acompanhou os vereadores Humberto Gondim (presidente da Câmara de Parelhas – PSD) e Paula Torres (presidente da Câmara de Jucurutu – PDT) em audiência com o reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), Wyllys Abel Farkatt Tabosa, e com o assessor de suporte organizacional da Instituição, Francisco Mariz, para discutir algumas demandas relacionadas aos municípios.

“Na audiência, o presidente Humberto Gondim representou os vereadores parelhenses doutor Alyson Wagner, Neto e Galega de Ulissinho nas discussões em torno da transformação do Campus Avançado do IFRN Parelhas em um Campus com gestão independente e com autonomia financeira. Na ocasião, o reitor Wyllys Tabosa se comprometeu em encampar esta luta em defesa dos estudantes parelhenses e da região, bem como levar este pleito para discussão no Ministério da Educação”, disse Nelter.

Aproveitando o gancho, o parlamentar estadual também solicitou a transformação do Campus Avançado do IFRN Lajes em um Campus com gestão independente e com autonomia financeira. Ao todo, o Rio Grande do Norte têm 21 Campus do IFRN, sendo 19 Campus independentes e apenas os de Parelhas e Lajes como Campus Avançados, fato que acaba limitando o desenvolvimento estrutural e de ensino dos alunos.

JUCURUTU

Já para Jucurutu, em parceria com a presidente Paula Torres, o deputado reiterou um pleito antigo, de sua autoria, feito em conjunto com o então prefeito George Queiroz, no que tange a instalação de um Campus do IFRN no município.

“O reitor Wyllys nos adiantou que o município de Jucurutu é tecnicamente o primeiro da lista no cronograma de expansão dos IFRNs no Estado, porém, para que o pleito se concretize, é necessária, dentre outras questões, a alocação de recursos federais para viabilização da obra. Assim, diante da importância do assunto, estou mantendo contato com os senadores Garibaldi Alves [PMDB] e José Agripino [DEM], e com os deputados federais Felipe Maia [DEM] e Walter Alves [PMDB] para que eles destinem recursos, através emendas, e o IFRN Jucurutu se torne uma realidade”, destacou Queiroz.

Em entrevista concedida aos jornalistas Robson Oliveira e Danilo Evaristo, no programa Jucurutu Notícias, na Rádio Cidade, nesta terça-feira (17), Nelter mostrou sua intenção de ter se deslocado até a capital federal na manhã de hoje, porém, sua ida a Brasília acabou se inviabilizando devido à indisponibilidade de passagens nas companhias áreas.

Ainda de acordo com o deputado, para que o Campus do IFRN Jucurutu possa se viabilizar, além da alocação de recursos, é de extrema importância que sua criação, pelo Ministério da Educação, se dê através de portaria, a exemplo da portaria n° 1.244 de 28/09/2017, assinada pelo ministro Mendonça Filho e publicada no Diário Oficial da União (DOU) no último dia 29/09/2017, que criou o Campus do IFRN São José do Rio Preto/SP.

“Agradeço a recepção e atenção que nos foi dada pelo reitor Wyllys e por seu assessor Francisco Mariz. Vale ressaltar que o Campus do IFRN Jucurutu beneficiará vários estudantes dos municípios das regiões Seridó, Vale do Açu e Oeste do Rio Grande do Norte. Vamos à luta em prol da melhoria da educação de nossos jovens”, finalizou Nelter.