Suspeita teria ultrapassado sinal vermelho e, ao receber buzinada, desceu do carro com faca na mão

Uma briga de trânsito entre mulheres terminou em morte, na manhã deste sábado (18). A empresária Raquel Melo Mota, de 39 anos, foi esfaqueada em Macaé, no Rio de Janeiro, por outra motorista. Conforme a Polícia Militar, a família informou que chegou a socorrer Raquel, levando-a ao Hospital Público de Macaé, mas ela não resistiu aos ferimentos.

De acordo com a Polícia Militar, as duas trocavam insultos em frente a um condomínio em Barra de Macaé, quando a suspeita esfaqueou a vítima três vezes e fugiu. Uma das facadas atingiu Raquel Melo Mota no tórax e perfurou o pulmão dela.

Raquel era casada e tinha uma filha de 13 anos. O marido dela contou, ao G1, que a suspeita, que já foi identificada e está sendo procurada por agentes da 123ª Delegacia de Polícia, tinha avançado um sinal de trânsito. A esposa dele teria buzinado. A agressora, então, encostou o próprio veículo e já desceu com uma faca na mão. O corpo dela foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Macaé.