Informações da polícia são de que o suspeito tenha assassinado o idoso

Um jovem de 22 anos matou o próprio pai por não ter sido assumido como filho. Conforme a da 21ª Coordenaria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Itapetinga, na Bahia, Gabriel de Souza Lima assassinou Edetor Pires Vieira, de 74 anos, com golpes de faca. O crime teria sido cometido no último dia 2. Souza Lima foi preso, no entanto, neste domingo (10).

Agentes da Coorpin realizaram a prisão depois que a Justiça emitiu um mandado de prisão em nome do jovem. A detenção ocorreu na Rodoviária de Itapetinga. Em depoimento, Gabriel de Souza Lima admitiu que descobriu ser filho de Edetor , conhecido como Índio, há três anos.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), no dia do crime, o suspeito teria ido à casa da vítima pedindo para ser reconhecido como filho. Os dois teriam discutido e Gabriel acabou empurrando Índio e deferindo os golpes de faca. "As equipes acompanharam as redes sociais do criminoso e sabiam da tentativa de fuga. Com auxílio das câmeras da rodoviária conseguiram prendê-lo", detalhou o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), Flávio Góis, ao Correio da Bahia.

Notícias ao Minuto