Um empresário e ex-candidato a vice-prefeito da cidade de Alhandra foi assassinado a tiros no início da manhã desta sexta-feira (22). João Francisco de Lima, que tinha 51 anos e era mais conhecido como ‘João da Galinha’, foi assassinado com um tiro de arma de fogo dentro da casa onde morava, em Alhandra, no Litoral Sul da Paraíba.

Os dois suspeitos de terem efetuado o disparo que matou o empresário já foram identificados e presos pela polícia após um cerco na BR-101. Segundo informações da polícia, os suspeitos confessaram o crime. Também foram apreendidos dois revólveres com os acusados. eles foram levados para a Delegacia de Alhandra, onde serão ouvidos e ficarão à disposição da Justiça.

O crime aconteceu por volta das 7h quando João da Galinha saía de sua casa. Ele foi abordado pelos suspeitos que estavam em um carro. Um dos acusados efetuou os disparos e não houve tempo para que João da Galinha fosse socorrido. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local do crime.

No fim do mês de agosto, a residência de João da Galinha foi invadida e assaltada por dois homens armados. Na ação foram levados documentos, celulares e dinheiro, com prejuízo estimado em R$ 60 mil. O empresário informou na época que o dinheiro roubado era o lucro do estabelecimento que estava guardado em casa.

No ano de 2016, João da Galinha foi candidato a vice-prefeito da cidade de Alhandra na chapa comandada por Marcelo Rodrigues, do PCdoB. Marcelo tentava a reeleição, mas não conseguiu votos suficientes.

Roberto Targino – MaisPB