Alan Júnior Pereira Alves, de 26 anos, e um amigo foram baleados na região do Canal 18, em Praia Grande

Oex-jogador do Vasco da Gama Alan Júnior Pereira Alves, de 26 anos – que atualmente atuava no Club Deportivo y Social Santa Rita, do Equador – foi assassinado em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na noite desta sexta-feira (12). Ele e um amigo estavam próximos a um campo de várzea quando foram alvejados por atiradores que passavam em uma moto.

Segundo informações da Polícia Militar (PM) divulgadas pelo 'G1', o atleta estava com um grupo de amigos na região do Canal 18, quando duas pessoas em uma motocicleta se aproximaram e efetuaram disparos. Os atiradores fugiram.

A outra vítima foi identificada como Mafaldo Alexandre Pereira. Ambos foram socorridos pelos amigos e levados para o Pronto Socorro do Quietude. Segundo as polícias Militar e Civil, o jogador já chegou morto ao local.

O outro rapaz baleado foi transferido ao Hospital Irmã Dulce. Ele foi atendido no centro cirúrgico no fim da noite, mas o quadro clínico não foi informado.

A polícia está investigando a motivação do crime e já ouviu as testemunhas. A dupla de moto não tinha sido localizada até o fim da noite de sexta-feira (13).

Alan Júnior Pereira Alves atuava como zagueiro no Club Deportivo y Social Santa Rita, da segunda divisão do futebol do Equador. Anteriormente, ele foi atacante do Atlético Sorocaba, Vasco (sub-23), Portuguesa-RJ, Vasco da Gama Sines (Portugal), Americano, Comercial, Arapongas e Goytacaz.