Para aceitar a troca pedida, a Conmebol levou em consideração o fato de que a partida será jogada sem as torcidas

A Conmebol aceitou o pedido do Flamengo e transferiu o jogo de estreia da equipe na Libertadores contra o River Plate para a Ilha do Urubu. Em decisão anunciada nesta quinta-feira (8), a organização confirmou que a partida do dia 28 de fevereiro não vai mais acontecer no Maracanã, conforme previsto.

A troca foi solicitada e consequentemente aceita por conta dos shows de Phil Collins e Foo Fighters, que acontecerão nos dias 22 e 25 de fevereiro, respectivamente, no Maracanã.

"Devido à questão do tempo para o desmantelamento da estrutura e recuperação do gramado, a Conmebol entende que o campo de jogo não terá condições adequadas para manter uma partida em 28 de fevereiro."

Para aceitar a troca pedida, a Conmebol levou em consideração o fato de que a partida será jogada sem as torcidas, já que o Flamengo foi punido em 2 jogos por conta das confusões ocorridas na final da Copa Sul-Americana do ano passado.

"A Ilha do Urubu tem parte de suas grades temporárias, o que não está permitido pelo Regulamento da Competição (Art. 71). Todavia, excepcionalmente, e tratando-se de uma partida a portas fechadas, sem o uso das referidas arquibancadas, apenas e exclusivamente para essa partida, nestas circunstâncias, a Conmebol autoriza a realização da partida no Estádio Ilha do Urubu", explicou a entidade.

O Flamengo terá que arcar com a taxa de US$ 7 mil (R$ 22 mil) de diretos de televisão e patrocínios à Conmebol por causa do regulamento, que prevê a multa em caso de troca de estádios. (Folhapress)