Polícia Civil do Rio Grande do Norte vai investigar o caso “Denis Vieri”. Denis Vieira da Silva, 34 anos, inicialmente se apresentou ao Força e Luz com um currículo falso de jogador – afirmava que tinha vestido a camisa de Santos, Vasco, PSV Eindhoven (Holanda) e Shakhtar Donetsk (Ucrânia), mas não havia registro em nenhuma dessas equipes, conforme apuração do GloboEsporte.com. Após a publicação da reportagem na quarta-feira, Denis desapareceu e deixou para trás quatro atletas que chegaram com ele ao clube – ele seria o empresário destes jogadores. Melquisedeque Carlos, Hélio Ciro, Wesley Henrique e Jefferson Lima foram vítimas de um golpe e registraram boletim de ocorrência em uma delegacia na zona Norte de Natal.

 

Por Cardoso Silva